The COVID-19 pandemic and the SUS

Authors

  • Elias Nunes Dourado State of Bahia University

Abstract

A pandemia do SARS-CoV-2 chegou no final de 2019 como um evento social de grandes proporções. Ampla e massiva, ela impactou os atuais limites do conhecimento científico. Em 11 de março de 2020, a OMS formalizou a existência da pandemia. Embora prevista em estudos anteriores, revelou-se como um assombro. Um fenômeno sanitário, impactante à civilização e seus componentes territoriais, culturais, econômicos, sociais ou políticos. Em alguma medida, rompem-se as relações sociais tais quais existiam anteriormente [1].

No Brasil, a população vive atordoada com a infodemia, uma desinformação provocada principalmente pelas autoridades políticas. Exemplos não faltam de debates artificiais como a obrigatoriedade, ou não, da aplicação da vacina nas pessoas pelo Presidente da nação. A repercussão negativa dessa infeliz colocação é demonstrada em estudo da revista LANCET publicada em 10 de setembro de 2020. Nele, o Brasil figura entre os países onde aumentou a desconfiança no sistema de imunização, considerado um dos melhores do mundo. Neste estudo, os dados sobre a confiança da população nos processos de vacinação caem de 73% para 63% nos que creem que as vacinas são seguras; de 75% para 56% nos que acreditam na eficácia; e de 92,8% para 88% nos que confiam na sua importância [2]. Também o Datafolha e o site DataPoder observaram quedas significativas nos índices de confiabilidade da população neste período [3].

DEFESA DO SUS: O Índice de Segurança Global de Saúde da OMS, avaliou em 2019 um conjunto de 195 países em termos da capacidade de segurança da saúde. Neste ano, o Brasil, amparado pela existência do SUS (com suas inúmeras limitações), logrou 22º lugar entre todas as nações e o 1º lugar na América Latina. O atual governo desarticulou a rede de serviços disponíveis pelo SUS e seus efeitos foram então observados na redução do número de óbitos na pandemia por COVID-19. Para piorar o cenário, em 2021, a Lei de Diretrizes Orçamentárias encaminhada pelo governo ao Congresso Nacional prevê cortes nos recursos do SUS na ordem de R$ 47 bilhões [4].

Os números falam por si. Embora viva no Brasil apenas 2,8 da população mundial, concentramos 11,4% das mortes por COVID-19, mesmo levando em consideração uma grande subnotificação de casos e mortes no país. Amargamos a dor de uma mortalidade quatro vezes maior que a média mundial. E, na nova onda, o vírus já está disseminado por todos os cantos do território nacional, aumentando ainda mais os riscos à população [5].

Em meio a diversas iniciativas inovadoras em curso, o CIDACS/FIOCRUZ Bahia lançou no último dia 09/12/2020 o Índice Brasileiro de Privação-IBP, com dados sobre desigualdade social nos diversos setores censitários do IBGE. Ao lado disso, um conjunto amplo de organizações lançaram neste dia 15/12/2020 um movimento chamado “Frente pela Vida”, que reunirá personalidades e organizações diversas com dois objetivos: enfrentar a pandemia e defender o SUS. Será mais uma mobilização pela ciência, pela democracia e pela saúde para a maioria da população [6].

 

REFERENCES

  1. Estudo global vê queda no apoio à vacinação no Brasil - BBC News Brasil [Internet]. [cited 2020 Dec 15]. Available from: https://www.bbc.com/portuguese/geral-54111690
  2. de Figueiredo A, Simas C, Karafillakis E, Paterson P, Larson HJ. Mapping global trends in vaccine confidence and investigating barriers to vaccine uptake: a large-scale retrospective temporal modelling study. Lancet [Internet]. 2020 Sep 26 [cited 2020 Dec 15];396(10255):898–908. Available from: https://www.
  3. Datafolha: cresce número de brasileiros que não pretendem se vacinar contra covid | Poder360 [Internet]. [cited 2020 Dec 15]. Available from: https://www.poder360.com.br/coronavirus/datafolha-cresce-numero-de-brasileiros-que-nao-pretendem-se-vacinar-contra-covid/
  4. Pandemia: origens e impactos, da peste bubônica à covid-19 | Nexo Jornal [Internet]. [cited 2020 Dec 15]. Available from: https://www.nexojornal.com.br/explicado/2020/06/20/Pandemia-origens-e-impactos-da-peste-bubônica-à-covid-19
  5. Uma Guerra da Vacina no século XXI? - Outras Palavras [Internet]. [cited 2020 Dec 15]. Available from: https://outraspalavras.net/crise-brasileira/guerra-da-vacina-noseculo-xxi/
  6. Cidacs [Internet]. [cited 2020 Dec 15]. Available from: https://cidacs.bahia.fiocruz.br/site-ibp/

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2020-12-15

How to Cite

Dourado, E. N. (2020). The COVID-19 pandemic and the SUS. Journal of Multiprofessional Health Research, 1(1), e01001-e01002. Retrieved from https://journalmhr.com/index.php/jmhr/article/view/1

Issue

Section

Letters to the Editor